Plano de manutenção de frotas de ônibus: o que é e qual a importância?

Conteúdo do artigo

O plano de manutenção de frotas de ônibus, de maneira geral, pode ser definido como um documento que registra todas as atividades de manutenção de um ou mais veículos. Neste texto, você vai conferir a importância do plano, bem como dicas para elaborar o documento da sua empresa.

As empresas de transporte, de maneira geral, costumam enfrentar uma série de dificuldades no que diz respeito aos riscos envolvidos em suas operações diárias. Os problemas com manutenção, por exemplo, são comuns em empresas de ônibus e, para resolvê-los, é essencial que a companhia elabore um plano de manutenção de frotas de ônibus

Por definição, o plano de manutenção de frotas – de ônibus e de outros veículos – consiste em um documento que tem o objetivo de registrar todas as atividades de manutenção dos automóveis de uma determinada frota. Nesse caso, o propósito principal é que as manutenções sejam realizadas de forma preventiva e não corretiva.

Isso se deve, sobretudo, à possibilidade de se antecipar a ocorrências e problemas, o que evita imprevistos que, muitas vezes, podem ser perigosos para a vida dos profissionais e/ou dos passageiros e, também, para o planejamento financeiro da empresa. 

Por outro lado, a manutenção corretiva também deve ser considerada, uma vez que, mesmo com todas as precauções, acidentes e imprevistos podem acontecer. Em comparação com a manutenção preventiva, contudo, a corretiva costuma ser mais cara e pode trazer prejuízos, uma vez que compromete a frota.

Como fazer um plano de manutenção de frotas de ônibus?

Se você deseja elaborar um plano de manutenção para as frotas de ônibus de sua empresa, é essencial que siga alguns passos. Abaixo, você vai conhecer os principais, para que possa iniciar a implementação de seu projeto o mais breve possível:

1. Levantamento de dados: o primeiro passo para elaborar um plano de manutenção de frotas é, sem dúvidas, levantar e analisar dados referentes aos veículos. Nessa etapa, é importante conferir todos os detalhes da frota, bem como sua situação geral. Uma recomendação que pode auxiliar nessa fase é solicitar a colaboração dos motoristas, uma vez que estes profissionais costumam identificar falhas e problemas com mais facilidade.

2. Orçamento: na sequência, você deverá definir o orçamento que irá disponibilizar para a concretização do plano de manutenção de frotas de ônibus. Além disso, é importante que, ao mesmo tempo, você esteja em contato com diferentes oficinas para verificar e comparar os preços cobrados.

3. Cronograma: outro aspecto essencial para a elaboração de um plano de manutenção de frotas é a organização de um cronograma. No documento, é importante não somente inserir a periodicidade ideal das manutenções, mas também os dados e as datas das revisões anteriores.

4. Checklist: para que a elaboração do plano de manutenção de frotas seja bem-sucedida, é importante que você monte uma lista de checagem de itens para cada veículo de sua empresa. No documento, é importante considerar itens como correias, filtros, pneus, velas e cabos.

5. Tecnologia: por fim, é válido ressaltar que a tecnologia pode ser sua grande aliada no processo de elaboração de um plano de manutenção de frotas. As soluções de gestão de transporte da Asmontech, por exemplo, podem auxiliar.

Qual é a importância do plano de manutenção de frotas?

Conforme apontado acima, o plano de manutenção de frotas de ônibus é essencial para garantir não somente a segurança dos motoristas e dos passageiros, mas também a saúde financeira da empresa

Se você precisa de auxílio para implementar um plano em sua companhia, pode contar com as soluções da Asmontech. A empresa, que é referência no mercado, estará presente na Lat.Bus 2022. Visite nosso estande e conheça nossos produtos e serviços!

Compartilhe
Posts relacionados