Sensor de fadiga para ônibus elétrico: uma tendência de segurança

Conteúdo do artigo

Os ônibus elétricos são modelos que funcionam por meio de um sinal enviado ao controlador do sistema de força. Os modelos elétricos são movidos a bateria, de modo que cada ônibus elétrico em operação deixará de emitir 110 toneladas de CO² por ano na atmosfera, com uma estimativa de se preservar o equivalente a 12 mil árvores ao ano.

No Brasil, há cerca de 12 anos têm chegado cada vez mais novas frotas de ônibus elétrico no Brasil, e é o estado de São Paulo que detém a maior frota de ônibus 100% elétricos do país.

Sensor de fadiga nos ônibus elétricos

O Sensor de fadiga é um mecanismo que mapeia o comportamento do motorista por meio da criação de um padrão. O sistema permite uma leitura completa das expressões faciais do condutor, alertando sobre as condições físicas em que ele se encontra e se está em totais condições de seguir com uma direção segura. 

Para isso, são instaladas câmeras no interior do veículo, identificando os sintomas de cansaço emanados pelo motorista em sua postura e modo de dirigir. O objetivo é detectar indícios de sono e distração, para que o motorista seja capaz de tomar medidas eficazes para eliminar o perigo causado pela própria fadiga.

Assim, atos como o bocejo, piscadas excessivas ou correção brusca de rota podem sinalizar que algo não anda bem com o motorista, o que será imediatamente constatado pelo sistema, que emite um alerta. Este vai orientar  que será necessária uma pausa para descanso.

Benefícios do sensor de fadiga

A evolução dessa tecnologia acompanha ano a ano os modelos de ônibus elétricos disponíveis no mercado. O sensor de fadiga é uma tecnologia que utiliza a Inteligência Artificial, uma das mais promissoras do momento. É o tipo de sistema que visa a redução da gravidade dos danos, bem como evitar possíveis colisões, tudo detectável por meio da forma de dirigir e pela condição do condutor na situação real.

A vantagem mais óbvia e evidente do sensor de fadiga nos veículos elétricos é a proteção da integridade física e da vida do motorista e dos demais condutores no trânsito.

Não menos importante é salientar que também é uma tecnologia de segurança ao patrimônio, pois impedir uma colisão automaticamente faz com que o custo/benefício desse sistema se torne incontestável, uma vez que há um impacto significante na redução de valores ligados ao conserto do próprio veículo e de terceiros (e muito menos com tratamentos hospitalares).

Asmontech tem a solução quando se trata de sensor de fadiga

O sensor de fadiga é uma tecnologia revolucionária, e também pode ser instalado em vários outros modelos além do ônibus elétrico. Pensa em obter uma tecnologia de ponta como o sensor de fadiga no seu negócio? A Asmontech é pioneira em apresentar inovações de tecnologia automotiva,  reforçando o nosso compromisso em promover a qualidade de vida das pessoas por meio da prevenção de acidentes.

Então aproveite a visita e venha conferir as melhores tecnologias para você e seu negócio e sair na frente com a Asmontech!

Compartilhe
Posts relacionados